terça-feira, 24 de junho de 2014

Ciberpajé Recomenda - Tinta Alcoólica - Álbum de Ilustrações (Editora Reverso, 2014)

Tinta Alcoólica - Álbum de Ilustrações. Vários autores, organizado por Matheus Moura (Goiânia: Editora Reverso, 2014).
(Ciberpajé fotografado pela I Sacerdotisa Rose Franco. Da série "O Ciberpajé recomenda").

O roteirista, editor e pesquisador Matheus Moura já é conhecido no meio dos quadrinhos alternativos brasileiros por sua lendária revista "Camiño Di Rato". O título deu novo fôlego ao gênero de quadrinhos poético-filosóficos e rendeu inclusive a seminal pesquisa de mestrado em Arte e Cultura Visual de Moura (FAV/UFG) sobre os processos criativos das HQs poético-filosóficas. Na contramão do produtivismo e do mercantilismo, Moura e outro jovem quadrinhista,Guilherme Silveira, criaram a Editora Reverso, dedicada a produções de quadrinhos em pequenas tiragens e com caráter artesanal, tomando como referência a vitoriosa Marca de Fantasia, de Henrique Magalhães, o grande exemplo brasileiro de edição de quadrinhos autorais e experimentais sem vinculação com demandas de mercado. O álbum "Tinta Alcoólica" é uma das primeiras obras lançadas pelo selo Reverso. O trabalho surpreende em todos os aspectos, a começar pela inusitada proposta editorial, a de resgatar uma técnica de impressão considerada antiquada, mas que foi pioneira e importante para o surgimento dos primeiros fanzines: o mimeógrafo! E o volume ousa propor a criação de imagens com múltiplas cores usando o mimeográfo, resgatando as possibilidades dessa técnica e explorando-as de forma renovada. O editor convidou artistas notórios dos quadrinhos brasileiros a criarem ilustrações utilizando essa técnica, assim, esse primeiro volume, de uma série programada, incluiu figuras emblemáticas do cenário da HQB como Diego Sanchez, Paula Mastroberti, André Diniz, Walkier Fernandes, Antonio Eder, Beto Nicácio, Abel,Fábio Purper Machado, Laudo Ferreira Jr., Alex Sander, Felipe Cazelli, José César Teatini Clímaco, Will Sideralman, Luciano Irrthum e o próprio Matheus Moura. Além das ilustrações, o volume inclui breve biografia dos artistas. A impressão, incluindo a capa dura, e todo o processo de encadernação foram feitos por Moura, em um trabalho minucioso e cuidadoso que leva horas para montar cada volume. Eu participei desse primeiro volume com um HQforismo inédito, como poder ser visto na foto. Espero ansioso os próximos volumes. Longa vida à Editora Reverso e à sua proposta iconoclasta! 
O Ciberpajé recomenda.