terça-feira, 24 de junho de 2014

O Ciberpajé Recomenda - SIBILANTE Grimoirezine Poético-Filosófico

SIBILANTE - Grimoirezine Poético-Filosófico, de Danielle Barros (Independente)

Começo essa resenha da série "O Ciberpajé Recomenda" lembrando que no mundo dos críticos imbecis e estéreis, dos acadêmicos engessados e em estágio de putrefação, analisar um trabalho com o qual você colaborou, ou que você acompanhou nascer, é proibido, pois você não tem o "distanciamento necessário" e por estar envolvido deixará a emoção e a subjetividade falar mais alto. Minha resposta a esses recalcados espíritos mortos é um riso leve e minhas criações vivas, viscerais e iconoclastas. Falarei sim, com prazer e com minha subjetividade, sobre essa obra que vi nascer e com a qual pude colaborar.

Sibilante é um trabalho que demonstra o amadurecimento rápido e surpreendente da arte e da poética da IV Sacerdotisa da Aurora Pós-humana, Danielle Barros. Danielle recebeu esse título de IV Sacerdotisa de meu universo ficcional & magicko pelo mergulho e interesse em minha obra artística e ideário, um interesse constantemente renovado a ponto de tornar-se a organizadora de 2 de meus livros em processo, a ponto de tatuar um de meus aforismos em sua pele, a ponto de escrever artigos acadêmicos sobre minhas criações.

Vi nascer a personagem Sibilante como fruto das recentes buscas de Danielle em reencontrar-se com seu potencial artístico adormecido, acompanhei a criação de seu primeiro fanzine, anterior a Sibilante, chamado "Abismos do Lobo", em que a artista prestou homenagem à minha obra, ilustrando alguns de meus aforismos selecionados. E ao contrário do que muitos poderiam pensar e comumente acontece, o primeiro zine não foi só uma brincadeira, foi sim a centelha primal de uma obra que promete crescer e se expandir com sensibilidade cada vez mais apurada. Sibilante é uma obra de fôlego para uma artista que retomou o desenho há pouco tempo. São 28 páginas de HQforismos e HQs repletas de simbologias transcendentes e alquímicas. A poética da IV Sacerdotisa resgata a importância fundamental da conexão entre os opostos complementares, entre o princípio masculino e o feminino. Sibilante representa o feminino sagrado, o feminino cósmico, a energia única e mágica da essência da fêmea que tem se perdido em uma época de tantos embates de gênero.

Tive o prazer de colaborar com o roteiro poético de uma das HQs do zine que foi construída a partir de desenhos que a IV Sacerdotisa mostrou-me. Também colaborei com um HQforismo inédito para as páginas de Sibilante. Percebe-se nas criações de Danielle a visceralidade com que foram escritas e desenhadas, a autenticidade de HQforismos que só podem ter surgido a partir da experiência vivida, essa é a maior força do obra. O desenho de Danielle está em franca evolução e a cada página percebemos seu desenvolvimento e a certeza de que novas obras virão em breve.

Sibilante tem força e marca de autoralidade, Danielle Barros é um dos talentos emergentes nesse gênero de HQ genuinamente brasileiro, os quadrinhos poético-filosóficos. O Ciberpajé deseja que a autora realize seu potencial e toque as estrelas! 

(Ciberpajé fotografado pela I Sacerdotisa Rose Franco - Da série, O Ciberpajé Recomenda).