quarta-feira, 21 de junho de 2017

[Entrevista] Ciberpajé fala de seu processo criativo para o site Quadrinholatra

Imagem da entrevista para o Quadrinholatra

Acaba de ir ao ar a entrevista exclusiva do Ciberpajé ao site Quadrinholatra. Edgar Franco foi entrevistado pelo jornalista Marcelo Engster, que acompanha suas criações desde a década de 90, nas palavras de Engster:

Quando moleque, vivia em uma pequena cidade do interior do RS, quase fronteira com a Argentina. Conseguir qualquer gibi era uma aventura. Quadrinhos nacionais então, praticamente impossível. Foi aí que descobri os fanzines, principalmente com os catálogos editados pelo Edgar Guimarães. Comecei a trocar correspondências com fanzineiros, receber revistas em casa e desvendar artistas nacionais. Entre eles, um me chamava atenção pela arte e texto poéticos e filosóficos, o Ciberpajé Edgar Franco. Agora, quase vinte anos depois, converso com o artista sobre seus processos criativos.
Imagem do Quadrinholatra, livro SketchBook Edgar Franco, lançado pela Editora Criativo. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar nesse link.

A entrevista tratou dos processos criativos experimentais do Ciberpajé, dos temas que costuma abordar, suas inspirações maiores e de sua visão da arte como um processo de cura no caminho da integralidade de ser. Algumas respostas são polêmicas como sua visão sobre os brancos (bloqueios criativos) e também sobre estabelecer uma relação com os leitores. 
Trecho da entrevista destacado no site Quadrinholatra

Imagem em destaque na entrevista, revista "Artlectos & Pós-humanos #11" (2017), saiba mais e adquira seu exemplar na Editora Marca de Fantasia

O Ciberpajé agradece ao site Quadrinholatra, especialmente a Marcelo Engster, pela entrevista e possibilidade de expressão sua visão sobre processos criativos artísticos. Leia a entrevista na íntegra nesse link.