segunda-feira, 19 de junho de 2017

[Lançamento] "Ciberpajé - Pós-quintessência": novo EP comemorativo inclui a participação de 5 convidados de 4 regiões do Brasil


Capa do EP "Ciberpajé - Pós-quintessência", arte de Edgar Franco


Pós-quintessência é o décimo EP do projeto Ciberpajé. Ele foi concebido como uma celebração, tendo como convidados os cinco primeiros projetos/musicistas que gravaram os primeiros EPs em parceria com o Ciberpajé, cada um deles criando uma das novas faixas. Os convidados a gravarem aforismos inéditos para o EP foram: Each Second (SP), primeiro projeto a gravar um EP com o Ciberpajé; Gorium(MT), gravou o segundo EP do projeto; pUNK[A]l_sUlUk  (Brasília), responsável pelo terceiro EP; Sergio Ferraz (PE), criador do quarto EP, e Alan Flexa (AP), autor do quinto EP. O resultado são 5 faixas incríveis, cada uma com a marca dos musicistas envolvidos mostrando a variedade de climas sonoros do Projeto Ciberpajé. Como já é marca registrada dos EPs, o Ciberpajé, além dos aforismos e vozes, também criou a capa da obra, inspirada no conceito de pós-quintessência. Ouça o EP  "Ciberpajé - Pós-quintessência" na íntegra em streaming e baixe a versão com encarte nesse link. 

Os cinco aforismos que foram musicados especialmente para o décimo EP

O EP em breve terá uma versão numerada e limitada de 30 cópias em mini CD, incluindo a participação especial do Posthuman Tantra que gravou um IV aforismo, que virá como bonus track só para o CD. O mini CD está sendo preparado por Léo Amante da Heresia, aguardem.

  Os projetos participantes do EP "Ciberpajé - Pós-quintessência"

O projeto musical Ciberpajé nasceu no mês de setembro de 2014, próximo da data em que Edgar Franco completaria o aniversário de sua declaração de Ciberpajé. O artista transmídia e pós-doutor em artes Edgar Franco é conhecido no Brasil e exterior por sua banda performática Posthuman Tantra, que em suas performances tem o grupo formado pelo Ciberpajé Edgar Franco (musicista e performer), I Sacerdotisa Rose Franco (musicista e performer), Luiz Fers (Performer e Figurinista) e Lucas Dal Berto (VJ). O Posthuman Tantra já lançou CDs na Suíça, França, Inglaterra, Japão e Brasil, e já realizou suas performances multimídia em 4 regiões do país. Em 2014, Edgar Franco, o Ciberpajé, recebeu um convite inusitado do músico Genilson Alves, mentor da banda Each Second (SP) e da gravadora Lunare Music, ele sugeriu a criação de um projeto musical que musicasse os aforismos iconoclastas do Ciberpajé - escritos por ele quase diariamente e publicados em página no Facebook com cerca de 3 mil seguidores - também propôs que o nome do projeto fosse simplesmente "Ciberpajé". Ao pensar no projeto, Genilson lembrou-se do escritor de ficção científica cyberpunk japonês Kenji Siratori - que inclusive participou do primeiro disco do Posthuman Tantra. Siratori grava recitações de seus textos viscerais e intrigantes e envia para bandas de industrial e darkwave musicarem, tendo participado de inúmeros álbuns pelo mundo afora. A ideia foi fazer algo parecido, mas dessa feita com os aforismos criados e recitados pelo Ciberpajé. Assim ele gravaria os aforismos com sua voz dando as impostações e emoções que sentia ao escrevê-los e as bandas e musicistas convidados criariam uma atmosfera musical para o aforismo. A partir dessa concepção inicial foi gravado e lançado o primeiro EP do projeto Ciberpajé, "A Invocação da Serpente", com vozes e aforismos do Ciberpajé & música criada por Genilson Alves com seu projeto Each Second, importante representante da cena dark ambient nacional. O Ciberpajé também ficou a cargo da arte do EP, criando um padrão para o projeto com desenhos simples e simbólicos desenhados em branco sobre fundo negro. O EP foi lançado pelo selo brasileiro Lunare Music, dedicado à música darkwave e experimental, e a Lunare desde então tornou-se a casa do projeto Ciberpajé, todos os EPs são disponibilizados para streaming e download gratuito. Desde então já foram lançados 10 EPs do projeto Ciberpajé, um CD reunindo 21 bandas de 5 países, uma performance-vídeo e 2 videoclipes. E novos EPs com grandes feras da música estão a caminho. 

Se você não conhece o projeto Ciberpajé, ouça e baixe os EPs realizados com musicistas das 5 regiões do país e lançados pela Lunare Music:

Concerto Pós-humano: A Execração dos Ismos (parceria com [ANT]ISM/SP)


A Invocação da Serpente (parceria com Each Second/SP)


Lua Divinal (parceria com Gorium/MT)


Heresia Cósmica (parceria com Léo da Heresia/ Brasília)


O Estratagema da Aranha (parceria com Quando os Céus e os Oceanos Colidem/SP-PR)


Verdades Voláteis (parceria com Sérgio Ferraz/PE)


Cura Cósmica (Músicas de Posthuman Tantra & vozes do Granciberpajé Dimas Franco/MG)

Entranhas do Sol (parceria com Alan Flexa/AP)


Sinos Pós-humanos (parceria com  Bells of Soul/SP)


Hackeremixagem do EP "Ciberpajé - Heresia Cósmica" pelo projeto inglês Mentufacturer.


Você pode também adquirir o CD "Ciberpajé - Egrégora", encartado na revista "Gatos & Alfaces # 6". Ele reuniu 21 bandas de 5 países musicando os aforismos do Ciberpajé. No CD temos desde o blues, passando pelo rock progressivo, pelo heavy metal e chegando a estilos como o dark ambient, o industrial e o noise. Uma viagem sonora pautada pela iconoclastia dos aforismos de Franco. As 21 bandas presentes no CD foram: Posthuman Tantra & Luiz Carlos Barata Cichetto (Brasil); Muqueta Na Oreia (Brasil); Zemlya (Brasil); Blues Riders (Brasil); TransZendenZ (Suíça); Alpha III Project (Brasil); Poolsar (Brasil); Each Second (Brasil), Gorium (Brasil); Blakr (Inglaterra); Gabriel Fox (Brasil); Hidden in Plain Sight (Brasil); God Pussy (Brasil); Nix's Eyes (Brasil); Emme Ya (Colômbia); Vento Motivo (Brasil); Iamí (Brasil); ANT[ISM] (Brasil); Melek-tha (França); Kamboja (Brasil); Dimitri Brandi de Abreu (Brasil). Adquira o CD + revista (R$15,00 + despesas postais) enviando e-mail para:oidicius@gmail.com